No dia 25 de agosto, a PCDF, por meio da 20ª DP, cumpriu mandado de prisão preventiva expedido em detrimento do suspeito de matar uma travesti, no dia 11/08/2021, crime ocorrido em via pública no Gama/DF.

Segundo a delegacia, o corpo da vítima foi encontrado em frente a um órgão público, com diversos golpes de faca. Durante intensa e incessante investigação por parte da 20ª DP, foi possível identificar testemunhas e imagens que levaram até o suspeito do crime. Inicialmente, aventou-se a hipótese de que o crime pudesse ter sido praticado por motivo de ódio, uma vez que a vítima era travesti. Todavia, após um célere trabalho da PCDF, chegou-se ao suspeito do crime, ficando apurado que o crime foi motivado por ciúmes, vez que o suspeito já teria mantido relacionamento com a vítima e não gostou de vê-la na companhia de outros indivíduos. Diante da morte da vítima e dos fortíssimos indícios de autoria, o Delegado de Polícia presidente da investigação representou ao Judiciário pela prisão preventiva do suspeito. A autorização para segregação cautelar foi deferida e o procurado foi preso.
Adotados os procedimentos legais de praxe, o procurado está à disposição da Justiça. Em apenas 14 dias, a PCDF angariou os elementos probatórios necessários para os esclarecimentos dos fatos e para a prisão do suspeito, demonstrando total empenho no cumprimento de seu dever institucional.

Assessoria de Comunicação/DGPC
#PCDFemAção
PCDF, excelência na investigação