Quarta-feira, 22 de Maio de 2019
Brasil

'Ele não tinha amor', diz vizinha do menino Bernardo em julgamento

Juçara Petry também contou que garoto andava malvestido, passava frio, fome, não tinha material escolar, uniforme e não recebia atenção em datas festivas

Publicada em 12/03/19 às 13:37h - 51 visualizações

por PORTAL DE NOTICIAS DA RÁDIO SERTANEJO TOP 10 - IVAN MORENO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: PORTAL DE NOTICIAS DA RÁDIO SERTANEJO TOP 10 - IVAN MORENO)

O segundo dia do julgamento do caso Bernardo Boldrini, na cidade de Três Passos (RS), teve como primeira testemunha a falar Juçara Petry, vizinha do menino e a quem ele queria ter como mãe.

Bernardo foi assassinato aos 11 anos, com uma injeção letal, em abril de 2014. O pai dele, Leandro Boldrini, a madrasta, Graciele Ugulini, e os irmãos Edelvânia e Evandro Wirganovicz respondem pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e falsificação ideológica.

A gente tinha amor por ele, era pessoa da família, a gente queria cuidar como um filho", desabafou Juçara, afirmando que o menino andava malvestido, passava frio, fome, não tinha material escolar, não tinha uniforme, não ganhava janta e não recebia atenção em datas festivas.

Segundo ela, Bernardo costumava dizer que odiava a casa dele. "Eu achava que o pai não dava atenção porque estava trabalhando muito. Na minha cabeça, o pai não cuidava porque estava no hospital. Mas não era, ele não tinha amor", completou.

Sobre o vídeo gravado por Boldrini em que Bernardo aparece agressivo, a empresária atestou: "Era um guri dócil e obediente, diferente de como aparecia naquele vídeo. Deve ter sofrido muita pressão. Eu ia lavar louça e ele já pegava pano para ajudar".

Ela também contou sobre um episódio envolvendo a madrasta do menino. Juçara disse que, em determinada ocasião, Bernardo chegou em sua casa com a boca sangrando por causa do aparelho dentário.

Juçara fez várias ligações para Graciele para saber quem poderia atendê-lo. E ouviu de Graciele: "Esse guri é um estorvo. Só incomoda. Que vá à merda e fure a boca".




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 61 99695-2912

Visitas: 336198
Usuários Online: 103
Copyright (c) 2019 - PORTAL DE NOTICIAS DA RÁDIO SERTANEJO TOP 10 - IVAN MORENO