Quarta-feira, 20 de Março de 2019
Espaco para Reflexão

Meu casamento está acabando por causa da igreja, e agora?

Creio que não é a igreja que esteja acabando com casamentos, mas a forma com que as pessoas tem priorizado delas, deixando famílias à margem

Publicada em 18/09/18 às 02:11h - 218 visualizações

por PORTAL DE NOTICIAS DA RÁDIO SERTANEJO TOP 10 - IVAN MORENO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: PORTAL DE NOTICIAS DA RÁDIO SERTANEJO TOP 10 - IVAN MORENO)

Amigos  leitores, existe um grande risco na vida de todos nós, que é o de trocarmos as prioridades de lugar. Quando fazemos isso, as coisas desandam em nossa vida, pois prioridades devem estar em seus devidos lugares, caso contrário, áreas de nossas vidas serão muito afetadas. Creio que não é a igreja que esteja acabando com casamentos, mas a forma com que as pessoas tem priorizado delas, deixando famílias à margem. Existe  algumas orientações para  ajudar a resolver essa questão:

A primeira coisa a ser feita é no campo da oração. Orar pela vida  é muito importante. Apesar de estar colaborando de certa forma com a obra de Deus, Uma pessoa que troca sua família pela igreja , está invertendo as prioridades corretas da vida dela, e isso é o que tem trazido esses problemas. A igreja tem o seu lugar, mas nunca deve ser colocada antes da família. No campo da oração, ore para que Deus abra os olhos para essa realidade, se vc se sente assim ou estiver passando por isso .

Programe uma conversa a sós, em um lugar tranquilo, onde possam conversar com tranquilidade, sem interrupções. Nessa conversa é importante que você que esta passando por isso seja sincero com seu parceiro (a), expondo como tem se sentido e cobrando  uma postura mais correta a respeito da priorização da família na vida dele (a).

Uma base bíblica para expor o erro  com amor e visando a restauração. Um texto bíblico muito importante é o de 1 Timóteo 5:8: “Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente”. Diga se a seu parceiro que tem se sentido negligenciado, que vocês não têm saído mais, que ele, não tem cuidado do casamento, dedicado um tempo de qualidade a vocês.Que o filho de vocês sente a falta de um pai, de uma mãe mais presente, etc. É importante que ele, entenda que você o ama e que espera que ele , faça o papel de marido e pai, esposa  e mãe  na vida de vocês. Tenho certeza que essa conversa franca irá mexer com o coração do seu parceiro.

A maioria dos  cristãos verdadeiros, certamente, diante de uma conversa carinhosa  pensarão em mudar as suas atitudes, serão impactados com essa conversa. Mas existem cristãos que chamo de cabeças-duras. Esses são mais difíceis, temperamentais, complicados, cheios de si, etc. Se seu parceiro for assim, talvez seja importante conversar com o líder religioso da igreja e pedir que ele também converse com essa pessoa, a fim de ajudá-lo a ser mais equilibrado nas escolhas das prioridades e no cuidado da família. Uma boa opção é um aconselhamento matrimonial, onde os dois possam conversar com uma pessoa neutra e que possa ajudá-los a pensar melhor sobre essa questão e chegar a uma solução boa para a família no que se refere as prioridades de vida.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 61 99695-2912

Visitas: 306515
Usuários Online: 65
Copyright (c) 2019 - PORTAL DE NOTICIAS DA RÁDIO SERTANEJO TOP 10 - IVAN MORENO