Em solenidade de posse da Mesa Diretora da CLDF, governador Ibaneis Rocha sinaliza investimentos em infraestrutura e programas voltados à população

O ano de 2021 será norteado por investimentos em obras e programas sociais no Distrito Federal. É o que indica o governador Ibaneis Rocha para recuperar a economia, gerar empregos e levar dignidade à população. A declaração foi dada neste 1º de janeiro, durante a posse da nova composição da Mesa Diretora da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) para o biênio 2021/2022. O governador afirmou que, para vencer um ano que se desenha difícil no âmbito econômico e social, a solução virá das obras e programas sociais.

O governador Ibaneis Rocha anunciou o empenho do GDF na recuperação da economia durante a sessão de posse da nova Mesa Diretora da CLDF | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

“Nós vamos precisar injetar muitos recursos, principalmente em infraestrutura, onde se geram muitos empregos, e fazer a parte do governo, gerando emprego por meio das obras que vamos colocar na praça a partir dos primeiros dias de janeiro”, disse Ibaneis.

“Nós vamos precisar injetar muitos recursos, principalmente em infraestrutura, onde se geram muitos empregos”Governador Ibaneis Rocha

O governador lembrou que os programas sociais representam um grande reforço no combate à pandemia de Covid-19. “Esses programas são muito importantes, em especial o Cartão Prato Cheio”, destacou. “No início do ano passado, a gente distribuía seis mil cestas básicas; hoje estamos superando 40 mil atendimentos. A expectativa é avançar para chegar a pelo menos 50 mil famílias atendidas em todo o Distrito Federal”.

Consolidado como um dos mais importantes programas do DF, o Cartão Prato Cheio permite a transferência de crédito para aquisição de itens da cesta de alimentos e de pão e leite, como forma de garantir alimentação às famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional no DF. O valor do benefício é de R$ 250 mensais, com uso restrito em estabelecimentos alimentícios.

Posse da Mesa Diretora

 

 

O primeiro dia de 2021 foi marcado pela posse da nova composição da Mesa Diretora pelos próximos dois anos.  A principal função da Mesa é direcionar os trabalhos legislativos e os serviços administrativos da Câmara Legislativa. A nova formação, eleita para o biênio 2021/2022, é formada pelos deputados distritais Rafael Prudente (presidente), Rodrigo Delmasso (vice-presidente), Iolando Almeida (primeiro-secretário), Robério Negreiros (segundo-secretário), Reginaldo Sardinha (terceiro-secretário), Fernando Fernandes (ouvidor) e Hermeto (corregedor).

Em seu discurso de posse, o presidente da CLDF, Rafael Prudente, disse que o biênio reserva grandes desafios, mas que a sociedade pode esperar da Casa um “órgão eficiente, transparente, independente, fiscalizador e parceiro do governo nas pautas que forem importantes para a população”.

Para o governador Ibaneis Rocha, o trabalho dos parlamentares da CLDF coloca a capital como referência política para a cidade e o país. “Os projetos de lei são tratados com responsabilidade e de forma célere”, ressaltou. “Os deputados e deputadas desta Casa engrandecem o DF e orgulham a população”.

O chefe do Executivo citou o novo Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis-DF), sancionado em novembro de 2020, como um dos projetos que a Casa aperfeiçoou e aprovou como forma de socorrer a economia. “O Refis leva para os cofres do DF aproximadamente R$ 3 bilhões em recursos que serão investidos na saúde, na educação, na melhoria das nossas vias, da nossa infraestrutura, preparando essa cidade para o futuro que ela merece ter, que é a retomada da atividade econômica, gerando emprego e renda, principalmente para aqueles mais carentes”, valorizou.