(Foto: PORTAL LEI & POLÍTICA)

















Na noite de quinta-feira (27), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 6ª DP, prendeu um homem, 32 anos, pelo crime de tentativa de homicídio qualificado pela impossibilidade de defesa da vítima.Os agentes tiveram ciência de que, na quadra de um condomínio, um indivíduo, que estava no interior de um veículo acompanhado da namorada, foi abordado pelo suspeito e atingido por cinco disparos de arma de fogo. Ele foi ferido no braço e perna.

Após investigações e análise de imagens de vídeo, os policiais constaram a fuga do suspeito, que saiu do local de bicicleta empunhando uma arma de fogo do tipo pistola. Os agentes verificaram que, enquanto o envolvido pedalava, houve uma centelha, o que indicava que ele, no nervosismo, poderia ter dado um disparo em si mesmo.

Os investigadores passaram a diligenciar nos hospitais e identificaram que um homem, semelhante ao do vídeo, havia dado entrada no Hospital de Planaltina com um disparo de arma de fogo na perna.Os policiais foram ao local e prenderam o suspeito, que confessou ser o autor dos disparos. Ele afirmou que o crime foi feito por encomenda, com a finalidade de vingar outro homicídio, cometido em 2019, também em Itapoã.

Assessoria de Comunicação/DGPC

#PCDFemAção