Celina Leão (PP-DF)    Coluna Eixo Capital, por Ana Maria Campos A deputada Celina Leão (PP-DF) está em todas. Tornou-se uma das aliadas mai...

 Coluna Eixo Capital, por Ana Maria Campos


A deputada Celina Leão (PP-DF) está em todas. Tornou-se uma das aliadas mais próximas de Ibaneis Rocha (MDB). Acompanha a agenda de compromissos políticos do governador e aparece sempre como parceira nas decisões. Dois exemplos só de ontem (10/6): ela participou da audiência com o presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília, Kleytton Guimarães Morais, sobre a vacinação da categoria — quando ficou definido que trabalhadores do sistema financeiro de Brasília serão incluídos no plano de prioridades para imunização contra a covid-19. Também participou da reunião com o deputado Fernando Fernandes (Pros) em que ficou definida a licença do mandato para que ele assuma o cargo de administrador regional de Ceilândia. O advogado Marcelo Piauí, assessor de confiança de Ibaneis, deixa a administração e migra para uma função no Palácio do Buriti. E o Guarda Jânio (Pros), eterno candidato a deputado, segundo suplente, vira distrital.
Contra o turismo de vacinas
Quem correu para se vacinar contra covid-19 em outra unidade da federação terá dificuldades para tomar a segunda dose no Distrito Federal. O chefe da Casa Civil do DF, Gustavo Rocha, advertiu ontem (10/6) que o governo local não incentiva o turismo vacinal, como também não quer que Brasília seja procurada como ponto de vacinação de moradores de outras cidades. Esse vaivém, segundo Rocha, atrapalha a programação para a segunda dose que no DF fica reservada para quem se vacina na primeira vez aqui.
Vacinas para todos
De acordo com os dados apresentados ontem pelo governo, 125 mil moradores de outras unidades da federação foram vacinados no DF. Daria para atender várias categorias e avançar nas idades entre os moradores daqui.
Medalha
A ministra Flávia Arruda, da Secretaria de Governo da Presidência, foi condecorada com o grau mais alto da Ordem do Mérito da Defesa, a medalha grã-cruz. Na cerimônia, em comemoração aos 22 anos do Ministério da Defesa, Flávia recebeu a homenagem das mãos do ministro da Defesa, general Braga Netto, e posou ao lado do presidente Jair Bolsonaro.
Bancada promete trabalhar pela derrubada do veto a plano de saúde da PCDF