Localizado ao lado da Embaixada de Portugal, espaço está mais iluminado e com o espelho d’água limpo

Depois da recuperação, Praça Portugal tem tudo para voltar a ser um ponto de visitação dos brasilienses | Fotos: divulgação / EAI

Projetada pelo arquiteto Raul Chorão Ramalho, a Praça Portugal foi inaugurada oficialmente em 1972. Durante décadas, o espaço localizado ao lado  da Embaixada de Portugal foi ponto de encontro para os brasilienses, que marcavam presença em espetáculos e feiras. A partir de uma iniciativa do Escritório de Assuntos Internacionais (EAI), vários órgãos do GDF participaram da recuperação do local que foi entregue à população nesta quarta-feira (2).

“Determinado como sou, coloquei na cabeça que este seria um dos meus objetivos aqui, convencer as autoridades a concretizarem este meu sonho. Uma praça chamada de Praça Portugal, me senti corresponsável pela preservação e o ressuscitar desta praça”, disse o embaixador de Portugal Jorge Cabral.

Praça Portugal foi entregue nesta quarta-feira (2) | Fotos: Divulgação /EAI

Entre as benfeitorias, está a limpeza do espelho d’água, de onde foram retirados sacos de lixo e sujeira. Também foi feita a desobstrução do ralo para que o espelho pudesse passar pela limpeza e receber água nova. A troca da iluminação convencional por lâmpadas de LED, promete mais visibilidade à noite e uma maior economia de energia. Além disso, os bancos e meios-fios receberam nova pintura, o mato que crescia entre as pedras foi retirado e a estátua de bronze foi limpa.

“Esse espaço público estava deteriorado e foi revitalizado com obras que começaram ainda este ano, e brinda os 60 anos de Brasília com uma praça tão importante para a história da capital, agora inteiramente renovada. O maior agradecimento, no entanto, deve ser feito ao nosso grande maestro, o governador Ibaneis Rocha, que tem feito esse trabalho de resgate da nossa cidade” disse o vice-governador do DF, Paco Britto durante a solenidade.

Para a chefe do EAI, Renata Zuquim, a revitalização é relevante “pela ressignificação dos espaços públicos ao ar livre que ganharam uma nova importância para a saúde física e mental nesse momento de pandemia. Esse esforço conjunto retrata a forma como as ações vem sendo desenvolvidas no GDF na gestão Ibaneis Rocha”, afirmou. Vale ressaltar também que o estabelecimento de parcerias é um dos objetivos do Desenvolvimento Sustentável da agenda 2030 da ONU.

A praça reúne obras de dois artistas portugueses: o pintor José Manuel Espiga Pinto elaborou os desenhos em calçadas de pedras portuguesas e o escultor Salvador Barata Feyo elaborou a estátua de bronze em 1956, um presente de Portugal para Brasília inaugurado na presença de Juscelino Kubitschek.​

A força de trabalho foi distribuída entre a Novacap, o Serviço de Limpeza Urbano (SLU), a Companhia Elétrica de Brasília (CEB) e os internos da Secretaria de Administração Penitenciária do DF (SEAPE), contratados pela Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (FUNAP-DF). Também fizeram parte do projeto o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-DF), com a instalação de novas placas identificando o local, a Secretaria de Estado de Governo do Distrito Federal, a Administração Regional do Plano Piloto e a Secretaria de Projetos Especiais.

Com informações do EAI