Um homem, em situação de rua, solicitou ajuda ao CBMDF pois a oito dias alguém colocou um cadeado em seu dedo indicador na Candangolândia .

José Sousa Marques, relatou aos militares que alguém colocou o cadeado em seu no dedo indicador no momento em que ele dormia.

A situação se agravou e ele resolveu pedir ajuda a algumas pessoas que estavam em um estabelecimento próximo ao quartel do Corpo de Bombeiros.

Devido à dificuldade de extrair o cadeado a equipe do CBMDF o transportou até o Hospital de Base do Distrito Federal.

De acordo com o CBMDF, caso tentassem extrair o cadeado com uma serrá ou com alguma máquina ou lâmina, havia a possibilidade de amputação do dedo.

Então os bombeiros combinaram de “rachar” o pagamento de dois chaveiros.

Chegando ao hospital de base, após alguns minutos o cadeado foi aberto e retirado do dedo de José.

Os chaveiros não aceitaram o pagamento do serviço.

Veja o vídeo do momento da retirada do cadeado:

Com informações do site: https://www.acordadf.com.br/