Após denúncias anônimas acerca de possível tráfico de drogas, na Quadra 02, Conjunto K, 2ª Etapa do Condomínio Porto Rico, policiais civis da 33ª DP (Santa Maria) passaram a monitorar o local. Constatou-se que que uma mulher, 39 anos, usava como fachada um ateliê em sua residência para comercializar o entorpecente.

Em 29/04, após o registro de venda de uma porção de crack a um usuário, foi realizada abordagem no local, onde foram encontradas grandes quantidades de substância entorpecente (cocaína e crack).


Assessoria de Comunicação/DGPC
#PCDFemAção
PCDF, excelência na investigação