Suspeito de assalto é atingido pela polícia durante troca de tiros com a polícia em Novo Gama, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Segundo a PM, o assaltante entrou na loja para realizar o roubo, pegou o celular da vítima e atirou na perna dela antes de fugir. O suspeito também ficou ferido durante troca de tiros com os policiais. 

Uma mulher de 52 anos foi baleada durante uma assalto em uma joalheria de Novo Gama, cidade goiana no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Militar, o assaltante entrou na loja para realizar o roubo, pegou o celular da vítima e atirou na perna dela antes de fugir. O suspeito, de 24 anos, também ficou ferido durante uma troca de tiros com policiais, segundo a corporação. 

O crime aconteceu por volta das 16h da última quarta-feira (2). De acordo com a PM, uma equipe estava próxima da joalheria quando os policiais ouviram um barulho de disparo de arma de fogo e foram até o local. Chegando na loja, os militares já encontraram a mulher ferida e viram quando o suspeito fugiu a pé. 

Conforme o relato dos policiais no boletim de ocorrência, a equipe foi atrás do assaltante, que disparou contra os militares. Ao chegar em uma rua do Setor Pedregal, segundo a corporação, o homem atirou novamente contra os policiais, que revidaram e o atingiram no abdômen.

Arma de fabricação caseira e munições apreendidas pela polícia durante assalto em joalheria de Novo Gama, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Arma de fabricação caseira e munições apreendidas pela polícia durante assalto em joalheria de Novo Gama, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Militar 

Segundo os policiais, tanto o suspeito quanto a vítima foram encaminhados para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, em seguida, levados ao Hospital Regional do Gama, no Distrito Federal. Em nota, a Secretária Estadual de Saúde do DF informou que não divulga estado de saúde dos pacientes.

Os policiais informaram ainda que o homem irá responder por tentativa de latrocínio. A arma, de fabricação caseira, munições e o celular da vítima, que segundo a corporação estavam com ele, foram apreendidos.

Da redação com informações do  G1 Goiás.